Saiba o que pode fazer para pagar menos IRS

irs_carimboCom o fim do ano a aproximar-se, o tempo que os contribuintes têm para poder reunir todas as faturas relativas a despesas que serão dedutíveis na próxima declaração de IRS – relativa aos rendimentos de 2014 – começa a esgotar-se. (…). Conheça então as despesas que pode apresentar para pagar menos imposto:

 

Educação

Neste campo não há alterações a destacar face ao ano passado. Ou seja, os contribuintes poderão deduzir 30% das despesas com a educação e formação profissional até a um limite de 760 euros (para atingir o limite precisaria de cerca de 2.535 €). Nos casos das famílias com três ou mais dependentes, a este valor é ainda acrescentado um montante de 142,5 euros por cada dependente. (…) As faturas têm de ser emitidas com o Nome e NIF do membro do agregado que realizou a despesa.

Saúde

No total, os contribuintes poderão deduzir no máximo 10% das despesas de saúde até a um valor máximo de 838,44 euros (para atingir o limite precisaria de 8.384,40 €). No entanto, para este efeito são apenas aceites as despesas de saúde isentas de IVA ou sujeitas à taxa reduzida de IVA de 6%. Se estiverem em causa despesas de saúde com uma taxa de IVA superior (23%), o Fisco também as aceita, no entanto, nestes casos as despesas têm de ser justificadas com receita médica e os limites aceites são inferiores (até a um valor máximo de 65 euros).

Habitação

Desde o ano passado que os contribuintes viram descer os limites que podiam abater com as despesas com a casa. (…) os contribuintes podem deduzir 15% das rendas pagas, com limite máximo de 414 euros (se a sua renda for superior a 230 € mensais já ultrapassa o limite). Já quem tem crédito à habitação (cujo contrato foi celebrado até 31 de dezembro de 2011) continua a poder deduzir 15% dos juros suportados com o crédito até a um valor máximo de 296 euros.


Recapitulando:

Educação, necessita de 2.535 € para atingir a dedução máxima.

Saúde, necessita de 8.384 € para atingir a dedução máxima.

Habitação, se paga renda e esta for superior a 230 € já atinge a dedução máxima, se tiver contratado um empréstimo habitação e tiver pago cerca de 2.000 € em juros, também já atinge a dedução máxima. Não se esqueça que no caso do empréstimo é só os juros e não a amortização do capital em divida que conta.

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s