Governo aumenta TSU para os funcionários

segsocialA medida vem inscrita no DEO, Documento de Estratégia Orçamental, aprovado pelo Governo esta tarde. A taxa social única suportada pelos trabalhadores sobe de 11% para 11,2%.

 Como exemplo, num salário de 600 euros brutos, por exemplo, o trabalhador por conta de outrem perde 1,20 euros mensais líquidos, já num salário bruto de mil euros, a perda será de 2,00 euros líquidos.

Esta é uma das medidas de austeridade previstas no DEO.  Neste caso, o Estado prevê arrecadar uma receita adicional de cem milhões de euros para a Segurança Social.

 A taxa social única (TSU) é uma taxa que se aplica às remunerações do trabalho com o objetivo de financiar o sistema de Segurança Social: os trabalhadores pagam 11% (taxa que sobe agora para 11,2%) e as empresas pagam 23,75%. Esta taxa, suportada pelas empresas, mantém-se.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s